Ambiente Seguro
X
Minha Cesta
Você não possui nenhum produto no seu carrinho.
Por favor, aguarde...
Consultar Frete
X
Consultando formas de entrega... Por favor, aguarde.

Chocolate 70% Cacau com Eritritol 2 Net Carbs Java Chocolates - Barra de 80g Chocolate 70% Cacau com Eritritol 2 Net Carbs Java Chocolates - Barra de 80g
Chocolate para dietas com ingestão controlada de açúcares. Adoçado somente com eritritol (um adoçante natural) este tablete contém somente 2 carboidratos líquidos na porção, tornando-o o preferido dos adeptos de dietas Low Carb. Ao degustar este chocolate, você sentirá o intenso sabor do cacau de origem amazônica com um toque de cremosidade da manteiga de amêndoas. Contém amêndoas e pode conter avelãs. Não contém glúten, soja, leite e lactose. Produto vegano.
De R$34,90 Por
R$27,90 20% OFF

R$26,50 à vista no dinheiro/Pix

  • Compre 2 por R$18,90 cada
    economize 33%

Descrição

Chocolate de verdade

A Java faz chocolate de origem, bean to bar – do cacau à barra, usando ingredientes naturais de alta qualidade e com rastreabilidade. Segue rigorosamente as boas práticas de fabricação, incluindo o controle de alergênicos. Todos os  chocolates são zero lactose, zero glúten, zero soja. Tão importante quanto ser gostoso, é ser seguro.

O propósito é que todos possam deliciar-se com os chocolates, desde o crítico gastronômico renomado que valoriza ingredientes locais, até a criança alérgica a leite de vaca.

Faz o rastreamento dos ingredientes para assegurarmos a segurança do alimento, e as fórmulas são balanceadas priorizando o sabor e preservando as características nutricionais do alimento.

Utiliza cacau fino de origem Amazônica e de Minas Gerais (em algumas edições limitadas também utiliza cacau da Bahia). Chocolate brasileiro natural e saudável. 

Prepara os chocolates apenas manteiga de cacau, nada de gorduras vegetais hidrogenadas, sem aromatizantes e sem conservantes.

Tudo começa com a escolha do cacau. O cacau, apresenta notas gustativas diferentes do cacau da Bahia, que é o mais conhecido em nosso país. Permita-se a experiência!

Além do terroir da floresta, o manejo cuidadoso da terra e do fruto durante e e após a colheita, potencializam os aromas e sabores do cacau, que serão arredondados na etapa de torra.

O que significa chocolate 70% cacau?

Já reparou que os chocolates mais caros vem escrito 70% cacau na embalagem? O que isso significa? Isso indica que o chocolate é bom?

Se você já se teve essa curiosidade, saiba que quando está escrito 70% cacau em uma embalagem, quer dizer que aquele produto tem setenta por cento de cacau em sua composição, e trinta por cento de outros ingredientes.

Mas nem sempre isso é indicativo de qualidade. Continue lendo para entender.

O que significa o percentual de cacau?

Ao contrário de que muitos pensam, o percentual de cacau não é uma escala de qualidade, onde o 0% é ruim e o 100% é o mais top.

Embora seja mais comum ver estes números em chocolates mais caros, (como chocolate fino e chocolate gourmet) o percentual de cacau estampado na embalagem só representa o quanto de cacau tem naquela barra.

Podem existir chocolates 70% cacau bons, premium ou ruins – ele vai continuar sendo 70% se tiver esta quantidade de cacau na sua composição.

Porque muitas variáveis podem mudar de um chocolate para o outro, mesmo tendo a mesma fórmula.

70% de cacau…. mas e o resto?

Tudo depende do chocolate que você está escolhendo consumir. Um chocolate 70% cacau da Hershey’s não vai ser igual um 70% cacau da Java. Compare a lista de ingredientes.

A fabrica de chocolate Java, segue a filosofia de rótulo limpo, o chocolate 70% cacau é feito de 70% de cacau e 30% de açúcar ou outro tipo de adoçante natural.

Outras empresas tem produtos mais tecnológicos, distribuindo os 70 – 30 em ingredientes diferentes.

Estes ingredientes podem ou não ser puros e benéficos pra sua saúde.

E eles podem afetar o sabor dos produtos – para o bem ou para o mal. Quem nunca ouviu falar que bombons antigos tinham mais qualidade?

Melhor ou pior?

Depende do seu objetivo e do seu bolso. Para matar a vontade de doce enquanto assiste TV, o percentual de cacau não importa tanto. Já para uma dieta com restrição de carboidratos, essa informação é essencial.

Tem quem goste dos produtos tecnológicos, que agregam componentes nutracêuticos, colágeno, vitaminas e fibras ao alimento. Tem a turma da maromba, que ama fazer pós treino termogênico de chocolate com pimenta.

Mas há quem goste de sentir o puro sabor de cacau. O melhor chocolate é aquele que você gosta! O importante é ter em mente: produto bom não tem como ser barato.

Produto bom precisa de ingredientes bons, estudo constante e otimização dos processos de fabricação.

Por que colocar o percentual de cacau na embalagem?

No Brasil, a lei determina que para ser considerado chocolate, basta o alimento ter 25% de sólidos de cacau. Sólidos de cacau = nibs, cacau em pó, manteiga de cacau.

A porcentagem de cacau passou a ser colocada no rótulo para diferenciar o produto, passando a impressão de maior qualidade e pureza em relação aos produtos de supermercado.

Isso porque o cacau é o ingrediente mais nobre, é quem dá o sabor e carrega os nutrientes interessantes do chocolate. O cacau está no topo da lista dos alimentos funcionais.

Quanto mais cacau, mais denso o chocolate será nutricionalmente – com bom aporte de fibras, polifenóis, vitaminas, minerais e gorduras boas.

Percentual de cacau é mesmo indicativo de qualidade?

Não. Nem todo chocolate 70% será de alta qualidade apenas por ter alto teor de cacau. Assim como nem todo chocolate ao leite será de baixa qualidade por ter menor teor de cacau.

O percentual de cacau não é indicativo de qualidade se o cacau for ruim, ou o processo de fabricação for mal desenhado e o restante dos ingredientes forem ruins.

Por que 70% cacau?

Uma professora certa vez disse que o 70 era o número mágico do chocolate. 69% é malvado — 70% é milagroso. Brincadeiras a parte, não se sabe ao certo porque o 70% virou o queridinho.

Nutricionistas dizem que é um balanço razoável entre cacau e açúcar. Outros afirmam que a partir do 50%, já temos um bom aporte nutricional, sendo palatável ao povo brasileiro.

Na verdade, nenhum produto faz milagre sozinho. Tudo depende da sua dieta, sua rotina de exercícios e de seu paladar. Aliás, paladar se treina.

Chocolate 70% é muito amargo?

A maioria de nós foi habituada a tomar café com muito açúcar. Isso é cultural, e provavelmente, sua vó ainda faz o cafezinho dela bem docinho. Quem toma café sem açúcar sabe: a mudança é gradual, mexendo sempre em duas variáveis – aumentando a qualidade do café e reduzindo o açúcar. 

Quanto maior a qualidade, melhor o sabor do café e do cacau. Cada dia um pouquinho menos de açúcar.

Com o chocolate é a mesma coisa: aumentar a qualidade do cacau e reduzir a quantidade do açúcar. Compre um chocolate de qualidade. Você vai notar a diferença e vai ser muito mais fácil se acostumar com o sabor do cacau.

O chocolate 70% cacau não precisa ser chocolate amargo. Um cacau ruim vai fazer chocolate ruim. Exigirá que coloque aromatizantes para ficar palatável e camuflar os defeitos. Assim como café, o cacau ruim exigirá sobretorra para ficar seguro para o consumo. Assim, o chocolate 70% vai virar um chocolate amargo, ácido, difícil de engolir – apesar de ainda ser considerado saudável. Já quando usamos um cacau de qualidade, queremos realçar o terroir do fruto, e preservar seus nutrientes.

Dica para treinar o seu paladar:

  1. Comece aumentando o percentual de cacau aos poucos. Não troque Kitkat direto pelo chocolate 100% que não vai dar certo;
  2. Compre chocolate bom, feito com cacau bom. Leia a lista de ingredientes;
  3. Experimente. Existe um mundo de marcas de chocolate fazendo bons produtos por aí, e como o café e o vinho, o cacau muda sua identidade de acordo com o local onde é plantado e colhido;
  4. Conheça mais sobre os benefícios do chocolate amargo;
  5. Java Chocolates, faz desde 40% até o 100% cacau, além do chocolate branco (que é chocolate sim!). Todos com poucos ingredientes, o mais natural possível.